< >
"Minha alma tem o peso da luz. Tem o peso da música. Tem o peso da palavra nunca dita, prestes quem sabe a ser dita. Tem o peso de uma lembrança. Tem o peso de uma saudade. Tem o peso de um olhar. Pesa como pesa uma ausência. E a lágrima que não se chorou. Tem o imaterial peso da solidão no meio de outros."
pensar e viver e sentir nao e mais que o alimento de pensar.
Para o homem vulgar, sentir e viver e pensar e saber viver. Para mim,
©
1 2 3 4 5

Eu estou trabalhando com capinhas, vou sempre buscar de quinze em quinze dias, os preços variam entre 15 até 30 reais, trabalho mais com iPhone 5, 5s, 5c, 4 e 4s. Mais também pego encomendas de outros celulares, temos também capinhas carregáveis que vem na caixinha com cabo USB e manual de instrução sempre estamos com novidades tipo uma capinha desse mês que vem com espelho, como podem ver na foto, mais tem muitas mais outras, só chamar no whatsapp que mando a foto é (11)9-4936-5011 👌👍💕


“Fala pra ele. Que ele é um sonho bom. Que mudou o tom da tua vida.”
~ Cícero  (via acrescentada)

“Não superei, mas tive que aceitar.”
~ Querido John.   (via romantizar)

“Eu estaria mentindo se falasse que seu sorriso não mexe comigo.”
~ Cidades de papel. (via sincronizar)

“É isso. Eu preciso de você. Preciso de você tanto, mas tanto, que até eu chego a me assustar com isso.”
~ Tati Bernardi   (via acrescentada)

“Basta olhar no fundo dos meus olhos pra ver que já não sou como era antes.”
~ Jota quest   (via romantizar)

“Já chorei ouvindo música e vendo fotos, já liguei só para escutar uma voz, me apaixonei por um sorriso, já pensei que fosse morrer de tanta saudade e tive medo de perder alguém especial. Mas vivi, e ainda vivo.”
~ Charles Chaplin. (via romantizar)

“Abri a boca e quase disse algo. Quase. O resto da minha vida poderia ter sido diferente se eu tivesse dito alguma coisa naquela hora. Mas, não disse. Só fiquei olhando. Paralisado”
~ O Caçador de Pipas. (via romantizar)

“Ou cada fase da vida fica mais difícil ou eu estou começando a me sentir incapaz de viver.”
~ Jéh Alves  (via sincronizar)


“‎Porque amor, é justamente isso: É ficar inseguro. É ter aquele medo de perder a pessoa todo dia. É ter medo de se perder todo dia. É você se ver mergulhado, enredado… Em algo que você não tem mais controle.”
~ Fabrício Carpinejar. (via acrescentada)

“De repente a gente sente que não sente mais nada.”
~ Capacitadora (via sincronizar)

Talvez, essa seja hora, que não seja enfim, mais eu preciso contar..
Eu não sei se você já se sentiu assim. Querendo dormir por mil anos. Ou simplesmente não existir. Ou apenas não estar ciente de sua existência. Ou algo parecido. Eu acho que querer algo assim é muito mórbido, mas eu acabo tendo esse tipo de desejo quando estou mal. Não posso definir uma gravidez em estar mal, mais talvez uma gravidez não esperada sim.. Talvez algo dentro de mim gritasse que me amava, e eu simplesmente respondia com o silêncio, sim, o silêncio, é o mistério de tudo, nele, não existe afirmação, e nem negação, é apenas um silêncio, o invalido. E foi nele que eu consegui esconder de tudo e de todos, o que estava acontecendo dentro de mim, talvez por vergonha, medo, sim medo de ser julgada, medo de não ser mais amada, medo de ser odiada, medo apenas medo.. Medo dos amigos, da família, medo do futuro, e o que nele reservava por isso que tentei não pensar. Eu só queria que tudo parasse de rodar, era uma mistura de sentimentos, aflição, agonia, dores lá no fundo do coração, e o meu temido medo, ele me cercou durante 6 messes, e há como eu odiei aquele ser, aquele ser, era como um inimigo do meu futuro e dos meus planos, pensava dentro de mim “Está tudo arruinado?! Acabou minha vida? Game over? Adeus faculdade? Medicina? Amigos, festas?!” E quanto mais pensava, mais a odiava, eram xingamentos, prensas contra a parede, socos fortes no estomago, calças apertadas, e há os remédios? Que se dane, por mim, que morresse. Não me deixavam tirar, dizia que iria ser maravilhosa, que era mais uma pra família, que era só uma fase, tudo iria se passar, era apenas uma tempestade.. As palavras, ecoavam na minha cabeça, tava tudo girando, nada fazia sentido, no meio daquela gargalhada eu quis chorar. Os professores falavam nada entrava na minha mente, naquele momento nada mais fazia sentido algum. Só queria deitar e chorar, chorar muito, me esvaziar. Na verdade, eu só queria ter paz para chorar ou chorar para ter paz, não sei. Então eu pedi a Deus, para que ele me desse força, acho que ele não me concederia um filho, se não tivesse capacidade de ser mãe, então eu clamei uma madrugada inteira, para que eu amasse aquele ser, para que não fosse o fim do mundo, e ele me escutou. Ele me ergueu para que eu fosse para escola de cabeça erguida, ouvir gargalhadas de mim, ouvir julgamentos sobre mim, eu superei todas aqueles pessoas, e no dia 30/10 depois de muitas dores, escutei Deus dizer a mim, que tudo aquilo tinha acabado, que agora sim era o momento de felicidade, enfim BEATRIZ, você nasceu.. No dia seguinte, com dores me levantei, sobre o hospital andei, até você.. Era tão pequenina, naquele encubadora, cheias de fios, e furos, oxigênio ao seu redor, mais mesmo assim tão linda.. Não resisti, a lagrima caiu, e naquele momento não consegui sentir nada mais além do que amor.. Coloquei a mão no vidro ao seu redor, e pensei “Me perdoa, me perdoa, por quê fui eu que te coloquei ai, me perdoa pelo amor de Deus..” via sendo furada a cada mais ou menos duas horas, eram tantos exames, tantos medicamentos, mais você conseguiu filha, você conseguiu superar tudo, e naqueles dias não consegui mais pensar em nada, em julgamento nenhum, eu só queria te tirar dali com vida, e poder te abraçar e beijar finalmente.. Até que Deus escutou minhas orações e te trouxe para perto de mim, e toda aquela aflição aquelas lagrimas a cada agulha que você sentia, acabou filha.. Mamãe tá aqui, passou.. E eu prometo cuidar de você, te proteger, dar meu sangue por você, todos os dias de minha vida, até que a morte nos separe. Te amarei eternamente, Beatriz.


“Correr atrás de alguém não é feio, feio é você ter a pessoa que você ama em suas mãos a tratar mal ao ponto de perdê-la.”
~ Sarah Araújo.  (via fraquejou)